quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

1

(domingo)

NO PRAZO DO ANO

Começo um ano com a perspectiva de realizar algo de diferente, não deixará de ser uma tentativa para a qual tenho objectivo detalhado: preencher os dias!

(di)versão

Começar um ano com a perspectiva de nele realizar algo de diferente, só pode ser inova(do)r. Não deixará de ser uma tentativa, tenho por objectivo manter a cronologia.

2 comentários:

  1. O que há a dizer depois de se ter lido? Tudo e nada. Tudo, é tudo mesmo, qualquer coisa; nada, é ficar, sem nada dizer. Entre o tudo e o nada, o tempo que se perde ou ganha, a pensar no que se leu.
    Acabei de anexar "(di)versão", tentando seguir o original. O qual, excepcionalmente, tem dois textos para o mesmo dia.
    Registo a alteração nos comentários, os quais passam a ser moderados, com a seguinte nota «Os comentários que receber serão pessoais, para receber resposta pessoal. Só divulgarei se contiverem esse pedido, justificando o seu motivo. O meu motivo é este, transformar a comunicação numa intenção íntima e (bem) pessoal.»
    Bom Ano Novo!

    ResponderEliminar

Os comentários que receber serão pessoais, para receber resposta pessoal. Só divulgarei se contiverem esse pedido, justificando o seu motivo. O meu motivo é este, transformar a comunicação numa intenção íntima e (bem) pessoal.