sábado, 14 de julho de 2012

PARA BETINA APLAUSO(S)


«Traças vôo em luz»,
VOO

presente
passado e futuro
o tempo voa

Francisco Coimbra
Ponta Delgada 14.07.12

15 comentários:

  1. francisco,

    o voo "traçado" por você é mágico, iluminado, absoluto. és luz.


    fiquei sensibilizada com a sua referência e deferência, não à toa o admiro tanto. :)


    obrigada, sempre, tens sido sempre muito querido.


    um beijo.*.

    ResponderEliminar
  2. Cintila Poeta! e as estrelas continuam altas no céu! Beijos no coraçao!

    ResponderEliminar
  3. Coisa bonita!


    Segui os links, achei o sobresites, onde já havia visitado a bbrian, revi a betinora e voltei para dizer a você, Francisco, que eu fiquei muito feliz com os votos que fizestes... Tanto que os levei para a toca.

    Camarada, você é grandioso.
    Obrigadão!

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo, muito grato! Tenho de ir deixar comentário, admirável sua publicação! Abração!!

      Eliminar
  4. O tempo voa em torno da luz que não apaga nunca!!!!

    Beijo carinhoso, poeta.

    ResponderEliminar
  5. Francisco,

    Minha admiração, meu abraço e meu obrigado pela visita ao meu sítio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marceli,
      Seja a admiração mútua, um prazer me expor a teu humor.
      Grande abraço

      Eliminar
  6. O tempo voa e nós voamos com ele.
    Francisco, boas férias!
    Tenho alguma dificuldade em aceder à net, no sítio onde estou. Sempre que posso venho ler-te.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jacira, bem vinda! Altura de formular os votos das melhores Férias Grandes! Beijos

      Eliminar

  7. que esse voo
    é de longo alcance

    se pudesse curtir, curtiria
    sem delongas

    no céu ou em terra firme
    betina merece aplausos
    de pé
    e demorados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adrianna,

      querida,

      obrigada!

      gostei demais do seu enfeite ao voo...

      um beijo.

      Eliminar

Os comentários que receber serão pessoais, para receber resposta pessoal. Só divulgarei se contiverem esse pedido, justificando o seu motivo. O meu motivo é este, transformar a comunicação numa intenção íntima e (bem) pessoal.