domingo, 26 de agosto de 2012

UNI_VERSOS


Todo o poeta vive entre a Vida e a Morte, sonhando o absoluto das coisas, conhecer a sua substância; disse eu…
Eu :))


(A)

REALIDADE

Vida e Morte
são uma só
realidade
Assim

TRIVIALIDADE

Morte e Vida
são uma realidade
universal
Mim

(B)

A VIDA

esfuma-se o tempo
em palavras que tento
para as apanhar
Assim

A MORTE

uma nostalgia outra
como se conhecesse dela
um "descanso eterno"
Mim

(C) 

TRÍPTICO DA REDENÇÃO

I – CARINHO

para ti amigo
quando te sintas
entre Vida e Morte

o caminho para Marte
é guerra pela vida

com carinho de Vénus!
Assim

II – CA(R)RINHO

rio o teu amigo
convertido súbito
a um ataque pagão

é paganismo
vindo de carrinho

trazendo todo o carinho!
Mim

III – CARNINHA

ritual satânico
a colheita de maçãs
feita no pomar

olhar as coxas
fortes das moças

(a)caricias da imaginação
R

41 comentários:

  1. ah poeta,

    que belas considerações a respeito da passagem entre vida e morte, estar ou desaparecer...

    emociona.


    beijo.*.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 27-08-2012 16:49:39

      O QUE SINTO

      enquanto dactilografas
      deixo frases chegar e deixar
      abertos caminhos

      os quais exploro
      procurando poder sair

      do labirinto de cada poema
      Assim

      EM TI SENTINDO

      o outro em ti sentindo
      as palavras correr as mãos
      toca-as de leve

      como eu te sinto
      na minha própria pele

      desenhando a cada poesia
      Mim

      Eliminar
    2. poeta,

      o par baila no baile do braille!

      tão bonito o contacto, as letras, os códigos de palavras digitadas na pele do amor...

      :)

      um beijo.*.

      Eliminar
  2. A poesia é a emoção que determinou o aparecimento da Arte, emoção estética? Pois é, é isso que é maravilhoso na emoção, ela não é catalogável! Quem o tenta, tenta cortar em partes o que é uma totalidade. Essa totalidade, é a verdadeira arte: p_arte da vida para a Vida!... Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que inspirada consideração sobre a Poesia, Emoção e a Arte!

      bonito, muito.

      Eliminar
  3. Alegro-me em ler e sentir o Poeta explodindo! Quer nos contos, nas poesias , em Assim e Mim.Vivendo a emoção da escrita! beijos no coração!

    ResponderEliminar
  4. PESSOA PLURAL

    aprendo sempre
    com quem olha as coisas
    a sentir

    dando desse sentir
    algo a nós

    na primeira pessoa plural
    Assim

    PLURAL PESSOA

    para mim falas tu
    como se falasses de ti
    falando tudo

    de tudo a alguém
    onde somos

    os gomos de um fruto
    Mim

    bb,
    Deixo um dueto, Assim & Mim, destas horas noturnas; frequentadas com facilidade quando a madrugada pode vir mais tarde.
    Beijos do coração!

    ResponderEliminar
  5. Lindo Poeta, a pluradidade entre Assim e Mim. São cúmplices nas raizes, nas almas! Que enfeitem as madrugadas! Beijos no coração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AO SER

      quero um poema que se desdiga
      fazendo o que diz não fazer
      ao ser pela sua escrita

      tudo o que penso
      em silêncio

      até se dar por findo no começo
      Assim

      NO SER

      volto sempre a uma ideia tua
      pensando que assim
      tu me fazes :)

      sorrio intimamente
      deste desejo

      : fio a escrita que vou desfiar
      Mim

      bbrian,
      Vejo no email comentários que surgem…
      Beijos do coração!

      Eliminar
  6. É preciso sensibilidade e talento para UNIr VERSOs assim. Parabéns, poeta Francisco. Um grande abraço do outro lado do mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marcelo, Um grande abraço até ao outro lado do mundo.

      Eliminar
  7. Ser Assim e Mim fios de seda a tecerem um ao outro a poesia!
    Foi a cena que me veio Poeta.Beijos no coração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. INSPIRADO

      um fio de seda
      flutuando na aragem
      baila nu

      mostrando
      a beleza leve

      onde se serve o ar...
      Assim

      O Assim lhe responde, eu assi...sto: estou aqui :) Tentando não deixar comentários sem resposta.
      Beijos do coração!

      Eliminar
  8. Fechou o blog pra conteúdo adulto??
    entrei sem bater, mas pisando um pouquinho mais forte, e guardei minha maçã na bolsa, mesmo mordida, pra não correr o risco de cair ritual satânico rs
    Tou gostando de te ler.
    Beijoss
    BF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi BP de Bipede Falante ;)
      Fechei o blog, coincidindo com o dia em que reparei ter mais alguém seguindo. Seguindo esse alguém, feminina presença que não deixou comentários, encontrei um blog interessante com o aviso que agora o meu blog apresenta.
      Pode morder sua maçã, já estamos fora do Paraíso mesmo :)
      Quanto aos rituais, vou ver se Mim responde ao Assim, sim? Volto já!

      INSPIRADA

      uma piada pia,
      pinga a pinga, cai
      com graça

      também vejo
      sua beleza leve

      atraída pela queda
      Mim

      Imagino-a, a Mim, a pensar a "queda" num sentido libertador, mesmo caindo em desgraça, mulher, inocente, contente, num assomo histérico?... Inventamos de mais! No vento, cabelos duma cabeleira comprida e solta, de quem passa correndo...
      Fui. Beijoss

      Eliminar
  9. E eu sou o rei dos parvos!
    Achei que não tinha autorização para comentar...rsrs Quando vi uma página diferente da habitual pensei: o gajo fechou para não ser importunado. Sou uma besta!
    Ainda bem que não fechastes e que eu posso ir e vir!

    Gosto muito quando você publica poesia, principalmente Assim e Mim, fico encantado com o casal!
    Gostei dos versos sobre a passagem entre existir e não existir. Muito bem resolvida a vossa opinião.
    Abraços, meu amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. VERSO

      assisto assim
      ao que me insiste
      assistindo

      liberto susto
      apenas suspiro

      o verso do silêncio
      Assim

      REGER

      regendo em mim
      esta urgência
      solto-a…

      sem palavras
      pensadas

      nu sentido é pele
      Mim

      Abraços

      Eliminar
  10. Não resisto Coelho, me fez dar gargalhadas sozinha. Rei dos parvos foi ótima, lembrei da rainha. Beijos nos coraçoes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sorria, meu bem!
      Uma pergunta:
      "apenas para leitores convidados?"

      magoei....

      Beijinho.

      Eliminar
    2. Não tenho seu email Coelho. Se for possível com maior prazer será convidado. De honra! beijos nos corações!

      Eliminar
    3. acartoladocoelho1@gmail.com

      quem não chora não mama!
      Rs

      aguardo!

      Eliminar
    4. Olara,
      Coelho pode tardar, mas não falha! (mesmo se a Páscoa não for todos os dias, nalgum há-de ser :))
      Beijos do coração!

      Eliminar
  11. Pela primeira vez escrevo depois de ser questionado para aceder ao blog!
    Penso voltar para responder os comentários e manter o Diário, tentando saber se há um limite para o número de comentários, para a quantidade de texto acumulado nos comentários, se há limite…
    Ilimitado abraço, a_braços!!

    ResponderEliminar
  12. Acho que há um limite...
    Mas o vosso abraço sem limites veio bem a calhar.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi...
      Vamos testar os limites :))
      Fui visitar a BF - Bipede Falante, amanhã me revisitarei; pensando refazer os dias da semana?...
      Abraço, a_braços!!

      Eliminar
    2. Meu nobre,
      mandei e-mail para si.
      Assuntos leves, piadas de Português! Vai aqui com a frase uma piscadela d'olhos.
      Abraço.

      Eliminar
    3. Email recebido, preparando descanso para começar cedo o fim-de-semana! Gostei.
      Abraço

      Eliminar
  13. poeta,

    Gracias por deixar comentário tão belo!

    ;)

    «Belo desdobramento, os comentários enriquecem a leitura! "Adversativas" e "Sofrer como toda a gente", marcadores instigantes... Beijos***

    «Sou de mim a outra face do espelho, onde espelho a tristeza da minha alegria, onde sou a alegria da minha tristeza», frase a merecer destaque! ;)»

    http://morabili.blogspot.pt/

    um beijo.*.

    ResponderEliminar
  14. O povo aqui é por demais porreta!
    Um dos poucos blogs que frequento que leio todos os comentários. São todos ótimos. Gente inteligente, criativa... ah... eu gosto muito!
    Ah! Sim! A postagem ficou supimpa!!! :)
    Curto demais a dobradinha Assim-Mim.

    Beijo carinhoso, poeta Francisco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teca, li seus comentários, uma beleza!
      Venho de visitar a bbrian e escrever:
      «Uma lição de boa Poesia este "porta-jóias"! Desde logo o título, na sua colocação de nomear poesia, é a melhor forma de encontrar a metáfora perfeita para o que pode ser e dá como sendo o poema, guardando as suas jóias: palavras, ideias, sentidos, emoções e a sensação irradiando do dia a todas as suas horas luz, na cambiante mudança onde nos movemos. Vemos a poetisa equacionar a permanência de "dias iguais", viajar com "A bailarina descalça", para chegar a "O verde dos arrozais". Respira-se uma filosofia onde Buda sorri impávido e sereno, enquanto viajo ao Oriente...
      Beijos do coração!»
      Gosto de encontrar lá você, pessoa de bom gosto e sensibilidade, com a generosidade que sempre dás prova.
      Beijo de carinho

      Eliminar
    2. (Minha internet hoje está com preguiça... caindo toda hora...)

      ^,^

      Eliminar
  15. bbrian, querida, pode me dar uma permissão para o castelo? :)

    cespontanea@gmail.com
    aguardo o meu passaporte!!! :)

    coelho, por onde andas?

    teca, és uma simpatia!!!!

    francisco, desculpe "usar" o seu espaço para socializar ;)

    um beijo francisco.*.
    beijo, bbrian
    beijo, teca
    beijo, coelho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se eu fosse o poeta nem desculpava nada; mandava beijos, porque socializar é tudo de bom, tudo o que o planeta precisa, com carinho e amor!!!
      Queria ter mais tempo pra ler vocês todos.
      Um verso engancha no outro e o outro vai inventando e re-inventando a poesia... assim, em mim... muito bom... bom demais!
      Vocês são estrelas brilhando na blogosfera e eu fico só aproveitando a luz... seguindo um bom caminho... animando a alma e espalhando beijos... beijos, beijos e flores de todas as cores.
      Carinhos para todos.
      Eleonora, você é porreta também com as letras!!!!

      Eliminar
    2. Passaporte liberado Poetisa Eleonora com toda honra e prazer! Obrigada e beijos no coração!

      Eliminar
  16. Teca, também acho uma delícia esta socialização, muitos blogs nos sentimos em casa como estarmos na nossa sala de visita ou no nosso quintal! Muito gostoso esta troca! Beijos no coração!

    ResponderEliminar
  17. Teca,
    hoje, passeando por aqui, li o que você escreveu... Caramba, obrigada pelo carinho! Vindo de você, que é pessoa de grande sensibilidade e bom gosto, só posso ir ao céu! :)


    um beijo bem grande para você!

    ResponderEliminar

Os comentários que receber serão pessoais, para receber resposta pessoal. Só divulgarei se contiverem esse pedido, justificando o seu motivo. O meu motivo é este, transformar a comunicação numa intenção íntima e (bem) pessoal.