terça-feira, 22 de novembro de 2011

CAPICUA

lido da frente
para trás
22

 
DIA 22

19 comentários:

  1. Teca,
    Também é uma música e letra que fala comigo!
    Caetano Veloso - Sozinho (Ao Vivo)
    Abraço, a_braços!! M_eu beijo

    ResponderEliminar
  2. http://diariodedetrasii.blogspot.com/2011/11/aoue-rupestre.html
    Mais um dia recuperado, com música sensacional que ainda estou a ouvir e ficamos a ouvir mesmo depois!

    ResponderEliminar
  3. Ah Poeta que dia triste! beijos no coração!bbrian.

    ResponderEliminar
  4. "Quando a gente gosta é claro que a gente cuida..."

    Beijocas de cá e de lá! :))

    ResponderEliminar
  5. bbrian,
    Obrigado por partilhar a tristeza, isso se faz com os amigos.
    Beijos do coração!
    teca,
    Disseste tu_do... do que há para dizer! Sentir, é onde temos de ir e ficar.
    Abraço transatlântico, a_braços!!

    ResponderEliminar
  6. cuidar-se
    é cuidar
    de quem se

    ama.

    ou

    amar
    é cuidar -se e me-

    ResponderEliminar
  7. escotilha,
    Circular ponto de observação, de dentro para fora, dum corpo nauta/navegante.
    Pegando no cuidar e se cuidar, feliz comentário aqui em "capicua": a leitura deve ser igual da frente para trás, como de trás para a frente. Não há um cuidar melhor que outro, quando um e outro são ou devem ser "faces da mesma moeda".
    Beijos e a_braços!!

    ResponderEliminar
  8. CONLUIO

    o nome
    Muda Denominando
    mudo a falar

    por gestos
    usando a mímica

    até concluir o conluio
    Assim

    CONCLUO

    a língua
    chega ao céu
    na muita facilidade

    dum gesto
    interior na boca

    sonda O Universo!
    Mim

    ResponderEliminar
  9. ah, que belo! Assim e Mim a nos dar um aparte de verso no amor deles.

    eu os admiro, ou os invejo, ainda não defini...

    adoro os versos dos dois, é um casal que se completa, se preenche!


    é lúdico acompanhar o conluio íntimo deles...

    beijo.

    ResponderEliminar
  10. EMD,
    Beleza teu acompanhar!
    Junto de hoje:

    D’ EIXO

    percebo que ninguém fará o meu trabalho
    se não for eu a fazê-lo: deixo

    o que estava – a não fazer – para o fazer
    nu canto expressivo
    duma inexpressividade gritante!

    Imensa como quem pensa ser nuvem
    pesando toneladas de água suspensa no ar
    a percorrer o mundo – na atmosfera

    a beleza deve precipitar-se e cair
    quando quiser infiltrar-se no solo
    como a água da chuva na terra !!!
    Assim

    EIXO MEU

    ó meu amor, escuta o coração a bater
    trazendo na chuva a água pura:
    quero ser a tua coelha, a tua lura.!.
    Mim

    Beijo

    ResponderEliminar
  11. Assim & Mim vão me dando coisas para projetar em um ideal de mimos e interjeições de um casal amoroso.

    amorosos... ele e ela, como se amarem-se fosse um íntimo espetáculo que estréia a cada vez que se olham nos olhos...

    ah francisco, não devias dar voz a um amor tão maravilhoso quanto o deles.. ficamos nós aqui, os leitores, a imaginar, a pensar se para cada Mim há um Assim...


    quero Assim para Mim.

    beijo.

    ResponderEliminar
  12. E.
    Estou contigo, me enamoro do Amor desse amor dos dois!
    Só hoje me a_percebi...
    Assim veio buscar a mim a ideia duma Mim que, em mim, era pouco mais que idealização. Quando Assim & Mim criam a sua parceria, fiquei naquela... seria Mim uma personagem de Assim, um teatro do "eu e eu-outro/a"?
    Fiquei vendo e deixando acontecer, agora acontece que se casaram por correspondência e Mim, tal como o Assim, só assina Mim mas já é Mim Mesmo, esposa do Assim. Claro que nunca interroguei o Assim, o mais certo era não me responder se me achasse encherido!... Há pois uma hipótese que levanta dúvidas para lá da Metafísica, com implicações éticas, serão irmãos?
    Continuarei no aquém dum conhecimento absoluto, pois não procurarei a verdade ao criador, a não ser lendo a sua obra.
    Hoje escreveram coisas li(n)das...
    http://www.sobresites.com/poesia/forum/viewtopic.php?p=39754#39754
    ou
    http://www.sobresites.com/poesia/forum/viewtopic.php?p=39755#39755
    Já depois de O TEATRO DA FALA, voltaram a escrever. Já deixarei num dos muitos comentários com que me brindaste e tanto e muito te quero agradecer. Beijos***

    ResponderEliminar
  13. tanto e muito [que] te quero agradecer. Beijo*

    ResponderEliminar
  14. francisco,

    podem ser siameses os irmãos Mim e Assim, mas são um o amor do outro, sem dúvida! podem ser como os deuses, que se casam entre irmãos. almas gêmeas se irmanam e se amam de carne e espírito, sem restrições de parentesco ou distancias ou verbos. são um amor realizado, são um amor que se estabelece de palavras e ações. são a própria luz que se espalha e se espelha na imagem de um e outro. não pergunte nada ao Assim, não o espante ou o alerte quanto ao extraordinário de amar a uma Mim. deixa que ele e ela sejam distraídos de todos nós. é a única forma de eles permanecerem permitindo que tu empreste teus dedos aos calorosos versos que eles trocam entre si e através de ti.

    tanto e muito, eu que te quero agradecer. beijo***

    ResponderEliminar
  15. E.
    É com enorme prazer que adquiro este prazer de dialogar aqui contigo, I “é sempre a primeira vez”… quando renovo o prazer da leitura indo ou vindo lindo, lido… até um beijo ou mais além onde o além é em parte incerteza a certeza certa, em qualquer p_arte! I é isso, isto, assim… deixarei o Assim poder dizer como só ele diz
    «só quero dizer
    o que não precisa
    ter tradução»
    Eu também quero, nem preciso de eu, seu… o que quiser! E.

    ResponderEliminar

Os comentários que receber serão pessoais, para receber resposta pessoal. Só divulgarei se contiverem esse pedido, justificando o seu motivo. O meu motivo é este, transformar a comunicação numa intenção íntima e (bem) pessoal.