segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

6


neste momento
acende a chama e venho
só arder

o tempo do pavio
agora aceso

durante horas contigo.!.
Assim

25 comentários:

  1. ACORDO EM PAIXÃO

    não precisa me chamar
    eu estou bem aqui,
    basta me tocar

    desperta
    aberta

    eu – acordo em paixão
    Assim
    http://www.sobresites.com/poesia/forum/viewtopic.php?p=39980#39980

    VERTICAL!MENTE
    (a_funda…)

    no começo do fim
    é o nosso onde
    onde a onda

    já trazendo
    espuma

    rebenta de tesão!
    Assim

    http://www.sobresites.com/poesia/forum/viewtopic.php?p=39980#39980

    TESÃO

    a®dor
    ardor dá
    ela ensina

    o prazer
    a rir

    rigorosamente.!.
    Assim

    CANÇÃO

    nu
    meu
    coração

    vem
    batendo

    de mansinho(!)
    Mim
    http://www.sobresites.com/poesia/forum/viewtopic.php?p=39981#39981

    USO

    uso
    amar
    assim

    bem
    devagar

    licencioso
    Assim

    http://www.sobresites.com/poesia/forum/viewtopic.php?p=39982#39982

    TU

    tu_a
    a imagem
    chegou

    fico
    olhando

    para ela!
    Assim

    ELE


    ele
    é

    vo-


    assim
    Mim

    AMOR

    dia
    lindo


    vindo
    a

    iluminar!
    Assim

    ROMEU

    meu
    amor
    você é

    me


    tudo (!)
    Mim

    OLHA

    tira
    o lenço
    do rosto

    o resto
    eu mesmo

    te retiro :))
    Assim

    OLHO

    olhando
    as sensações
    leio

    no
    meio

    eu me abro()
    Mim
    http://mnemosine-musas.blogspot.com/2012/02/tsai-lun.html

    ResponderEliminar
  2. ACESA

    aceda meus sentidos
    dizendo tudo
    expluda

    explodir é este
    o verbo

    a minha combustão.!.
    Mim
    http://diariodedetrasii.blogspot.com/2012/01/acesa.html

    ResponderEliminar
  3. O MEU

    meu
    amor
    você é

    me


    tudo (!)
    Mim

    O MEU
    :))
    R

    ResponderEliminar
  4. De Los Angeles escrevo, na hora do fuso horário; com os anjos, este Diário...
    Abraço a_braços!!
    R

    ResponderEliminar
  5. SORTE

    uma
    cigana
    deu-me

    muita
    sorte

    há muito!
    Assim

    NORTE

    minha
    sorte
    és tu

    aqui
    assim

    sempre!
    Mim

    Provando não me tratar dum robot, inseri um código (não digo ;)
    http://a-didascalia.blogspot.com/2012/02/era-uma-cigana-dessas-que-vendem.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "a cigana leu o meu destino"

      ;)

      tu estavas lá! :)

      um mimo, meu Mimo!

      Eliminar
    2. A cigana estendeu a mão para segurar a mão, mas... de leitora foi lida, virando leitura. Apanhada de surpresa, seus olhos negros brilharam! A "buena dicha" merece uma história, para contar…

      Mima,
      Tenho uma história, dará para um mimo…
      (Que dirá Mimo a Mima? R)
      Mimo

      Mima,
      Tenho uma história, dará para um mimo…
      (Que dirá Mimo a Mima? R)
      Mimo

      Eliminar
  6. Uma explosão matinal, seja em los anjos ou em los hombres, tu tens a luz certa para dar ao dia o âmbar de um sol íntimo, único, definitivo, que orbita em um universo muito particular que habita o teu rosto.


    Uma pena não poder acessar os links por estar em um celular, mas a leitura fica marcada e a poesia registrada por minha retina retida na tua letra.

    Parabéns pelo jorro lírico!

    Um beijo de fã!***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Uma explosão matinal» bem impressiva forma de expressar, bela observação! Obrigado ;)
      Bom jorrar, para quem sente :)) bjs

      Eliminar
  7. Anónima. É só para me identificar.

    ResponderEliminar
  8. Novamente eu. Anónima! Parece que finalmente é possível continuar anónima, mas com nome.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. My Preciouzzz,
      Pensei que daria para fazer uma redacção, mas não :(
      O tempo pass_ando...
      A_braços!!

      Eliminar
  9. Não é. O Avatar não entra. Parece que é a única coisa por aqui que não entra. RS

    ResponderEliminar
  10. Francisco, sempre virei ler Assim e Mim.Sempre acreditei que o amor sobreviveria. Muita inspiração ao amor! beijos nos corações!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Beijos nos corações!" gostamos todos, a bbrian detém direitos de autora ;) vai gostar ainda mais! G_rato, gozando/jogando o jogo do "rato e do gato" com o anonimato :)

      Eliminar
    2. O amor sempre sobrevirá, ele é o ser... humano ;)

      Eliminar
  11. Francisco meu Mestre, jamais pensei em direitos autorais. Meus poemas são presentes que recebo. Tivesse eu capacidade para escrita seria muito em prol dos humildes, daqueles que sofrem preconceitos. Professor Rubens e Freis Julios existem poucos.Em época de provas vazadas lembro dele, do nosso segredo. Quanta bondade e amor num só homem.Beijos em todos coraçoes sempre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leio o que sou capaz de ler, como falar disso, como dizer isto? *

      «Mais uma história de mulheres
      Ou
      Profanação»
      Nitidamente, Profanação.
      O texto não tem uma história de mulheres, fala dum problema: a violência sobre as mulheres, a violação dos seus corpos «não se pode ignorar estas e outras atrocidades». Não são só os corpos, os direitos, a sua função social, o seu direito ao sonho, à saúde mental, ao bem-estar.
      É por aqui que a trama se aligeira e levanta voo, ganha a robustez e leveza da asa dum inseto elegante e leve, capaz de pairar, parando o voo em voo, a libelinha.
      Nesta linha o tema toca, toma para si a poesia. Mas como, porquê?
      «Libélula, libelinha, põe os ovinhos ao sol…» avanço devagar, como o caracol pondo os corninhos ao sol na modinha popular onde enxerto estes «ovinhos ao sol» que seria o fim das libelinhas. Elas vêem a sua prole vingar na sombra e frescura, onde seus ovos são deixados junto a zonas de águas correntes, sem poluição (o que determina estar a espécie em perigo).
      Deixemos a resposta… por conta da sensibilidade do leitor/espectador (espetador :), o texto pede a representação do cenário que monta, como que pedindo um Acto, numa peça de Teatro.
      Peça/texto, deixa-nos com mais um porquê?
      «Por quatro mil anos apenas.»
      Porque, sem um tempo, uma duração, um fim: a realidade fica abstrata e se esvai numa existência inexistente!?
      Se esta resposta serve, então consiga a leitura do texto ou o visionar da sua apresentação, não deixar passar despercebido o
      Dia da Mulher!

      Deveria ser Dia da Humanidade, indo à fonte da credibilidade maior: o respeito por quem gera a vida do género – que se quer e se deseja – humano!

      HELLAS!

      Ela
      Estava


      E
      Lá era

      Aqui!!
      R

      A_braços!!

      «em prol dos humildes»
      Temo ser ignorante sobre o tema, enquanto experiência viva de vida. Não sinto tê-la, não sei como seria tal. O problema está em saber o que seja um humilde, saber se algum humilde gostaria de ser “humilde”. Só depois de saber este tipo de existência e sua aceitação, poderia sentir, pensar, intuir se… gostaria de ser «em prol dos humildes».
      Acho que não gosto de humildes, embora o conceito esteja na moda. Até os craques super bem pagos, aqueles que entretêm multidões jogando o futebol, dizem ter de ser humildes quando jogam contra equipes mais fracas, fortes ou assim assim. Será um síndrome Madre Teresa? É com certeza a aceitação de que quem está convencido que é melhor que os outros só lhe pode acontecer: nada acontecer… ou, perderem. O que deve ser humilhante… e dar humildade?
      Escrevi já hoje, terminando o dia de ontem, uma leitura sobre um texto duma amiga. Ficou assim, a minha leitura: *

      Beijos do coração!

      Eliminar
  12. Poxa, esqueci de assinar. bbrian.Bom dia, boa tarde, boa noite!

    ResponderEliminar
  13. Humildes são os que sabem a dor, a fome, a dificuldade, a falta de oportunidade do outro. Humilde são os que sabem que alguns não precisam tanto e outros carecem do minimo.Beijos no coração! bbrian.

    ResponderEliminar
  14. Nem todo pobre é humilde, nem todo rico é soberbo.
    Posso não mudar o mundo mas tento mudar o que me rodeia.E o que me rodeia requer força e amor para presenciar.
    Catar conchinhas, farofar na praia, ter verdadeiros amigos e amar incondicionalmente também é humildade.

    ResponderEliminar
  15. Poxa, esqueci de novo de assinar.Beijos no coração! bbrian.

    ResponderEliminar

Os comentários que receber serão pessoais, para receber resposta pessoal. Só divulgarei se contiverem esse pedido, justificando o seu motivo. O meu motivo é este, transformar a comunicação numa intenção íntima e (bem) pessoal.