terça-feira, 15 de maio de 2012

QUADRINHO


Milu, um cãozinho muito inteligente, personagem de banda desenhada. A coincidência com o meu nome, os meus olhos vivos, o olfato apurado que tenho, a franjinha na testa. Dei por mim a olhar para o espelho, a deitar a língua de fora, pôr as duas mãos caídas para baixo, especada a olhar para o espelho, a imitar… a Milu. Finalmente recompus-me. Registo ter rido, será que vou…? Deixo este quadrinho, um episódio bem tolo!

Milu

9 comentários:

  1. Milu é lindo Poeta! O que mais gostei foi você ter rido.Beijos no coração! bbrian.

    ResponderEliminar
  2. que gracinha....
    :)

    Milu cativou!
    beijo.*.

    ResponderEliminar
  3. bb. e b.,
    Gosto desta conjunção de letras e mais do motivo dado para as escrever, repetindo agradecimentos!
    Beijos do coração!

    ResponderEliminar
  4. Francisco,
    na infância tive uma cadelinha chamada Fita, minha irmã a baptizou por gostar de colocar fitinhas ao redor das orelhas dela, coisa que a pobre odiava, mas que nos fazia rir um bocado. Lembrei dela e do riso e vi acontecer a arte da Literatura, nos transportar para a fantasia.
    Bom conto, bom conto!
    Abraço, amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, Francisco resgatou Milu, o símbolo da lealdade.
      Quer coisa mais bonita? Coisas de Grandes Poetas mesmo.
      Beijos no coração!

      Eliminar
  5. Pessoa leal é um sonho de consumo, Bbrian, tenho uma e não troco por nenhum troco! Vamos ao próximo conto.
    Beijinho para si.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade Carlos, nem por um tesouro.Beijos no coração!bbrian.

      Eliminar
  6. Milu tem qualquer coisa de infantil. Milu faz com que recue à minha infância, quando eu e a minha mana colocávamos adereços no meu irmão, sete anos mais novo. Pequeno e ingénuo.
    Quando cresceu mais um ano nós éramos corridas do quarto dele, aos berros. A dizer que não era coisa de rapazes, que nos odiava!!!
    Milu é graciosa e meiga. Pressinto-o, sinto-o...
    Um conto leve, amigo dos animais.Milu, Bijou... são nomes de cadelinhas queridas...E fazem-nos rir!
    Jacira Amaral

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também adorei Milu.Da ingenuidade e graça traz a fortificação da lealdade.Entre o mundo infantil e o adulto há riso, beleza de sentimentos e altruísmo.Ver-se no outro, estar no outro, a um Poeta que sabe da samba e poesia.Beijos no coração!

      Eliminar

Os comentários que receber serão pessoais, para receber resposta pessoal. Só divulgarei se contiverem esse pedido, justificando o seu motivo. O meu motivo é este, transformar a comunicação numa intenção íntima e (bem) pessoal.